quinta-feira, 18 de maio de 2017

Atividades com filmes /Central do Brasil/ A Vila/ A Fantástica Fábrica de Chocolate/ Cidade de Deus




CENTRAL DO BRASIL, (1998)filme nacional, com direção de Walter Salles, com duração de 112 minutos. Retrata mulher que escreve cartas para analfabetos na estação de trem Central do Brasil, no Rio de Janeiro, ajuda menino, após a morte da mãe por atropelamento, a encontrar o pai no interior do nordeste.

 ATIVIDADES 
01-As personagens Ana e Pedro estabelecem uma ligação pessoal através de cartas. Infelizmente, nem todos brasileiros podem se comunicar de maneira. O filme Central do Brasil retrata essa realidade. Assista ao filme e depois junte-se a um colega para conversar sobre os seguintes tópicos.
a)Qual é o tema do filme?
b)Que conflito desencadeia a trama narrativa?
c)Quem são as personagens principais? Qual sensibiliza mais o espectador na opinião de vocês?
d)A narração cinematográfica apresenta, além do texto, outros elementos(imagens, movimento, sonoridade...) através dos quais a história se desenvolve. Na opinião de vocês, esses elementos ajudam na compreensão da mensagem? Justifique.
e)Que sensações o enredo, as ações das personagens, as emoções e os sentimentos mostrados nos filme despertaram em vocês?
02-Na opinião de vocês, assistir a um filme também pode ser considerado um tipo de leitura? Justifiquem.    
03-Escreva o nome do diretor do filme Central do Brasil.
04-Quais são as personagens principais do filme e quais os atores que representam estes personagens?
05-Quais os nomes das pessoas que compõem a família do menino?
06-O que Dora fazia para sobreviver?     
07-Você a considera honesta ao trabalhar? Por quê?
08-Como Josué tratava Dora?      
09-Com a morte da mãe, como Josué passou a viver?      
10-Como você acha que vive os menores abandonados no Brasil? E o que deve ser feito para pelo menos amenizar os problemas dos menores abandonados?
11-Qual a intenção de Dora ao levar Josué para a casa dela?     
12-O que faz Dora mudar de idéia depois que vende Josué?
13-Qual a influência de Josué na vida de Dora e de Dora na vida de Josué?
14-Como são as pessoas que mandam carta através de Dora?    
15-A carta sempre esteve presente na vida de Dora. Cite duas passagens que comprovem  esta afirmação.
16-O enredo do filme retrata a realidade do Brasil no Rio de Janeiro e no Nordeste. O que ele mostra em comum na vida das pessoas em ambos os lugares?
17-O fato de inúmeras pessoas precisarem de uma outra pessoa para escreverem cartas para elas representa o quê?
18-Caracterize as personagens principais através de seus exteriores e interiores.
19-Como é o ambiente(lugar) onde se passa a história?
20-O filme apresenta o problema do tráfico de crianças. Como você vê este crime no Brasil? E o que precisa ser feito para solucioná-lo?
21-Dora era uma professora aposentada que escrevia cartas para ajudar no orçamento. Por que ela necessitava reforçar seus rendimentos?
22-Como são tratados os professores no Brasil?
21-Qual é o tipo de família retratada no filme?




A Vila é um filme muito forte, em que as pessoas para fugirem dos problemas da vida em sociedade tentam se isolar, acreditando que assim encontrarão a tão sonhada felicidade. Assim, surge A Vila, mas os problemas também chegam até lá e eles vão buscar soluções além das fronteiras.

Filme muito rico, que levam às pessoas a refletirem sobre suas próprias vidas.
Ver o filme com atenção e  responder aos seguintes questionamentos, para posterior debate na sala de aula.
                                                          "A Vila", de M. Night Shyalaman (2004)
Em plena civilização urbano-industrial, pessoas decidem fundar uma vila totalmente isolada, distante das cidades, onde pudessem cultivar valores das comunidades de pioneiros do passado, um tipo de falanstério, comunidade utópica, sem dinheiro e valores de novo tipo, administrada por anciãos, buscando fugir dos problemas da sociabilidade estranhada do mundo burguês. Entretanto, para impedir que os jovens saiam do território da vila, eles cultivam o medo, inventando mitos a respeito de criaturas da floresta que devoram aqueles que buscam se dirigir às cidades. Drama fantástico de critica sutil à sociabilidade degradada do capital que leva pessoas a buscarem no passado perdido, formas novos modos de vida alternativos à da civilização burguesa. Para sustentar a comunidade são obrigados a cultivar o medo recorrendo a artifícios fantásticos. A vila é uma cidadela do século 18 cercado pelo século 21. Suas imagens evocam a colonização dos EUA. Na verdade, colocam o problema da sobrevivência do sonho americano na época da crise estrutural da hegemonia global dos EUA. O jovem diretor americano, um dos melhores da atualidade, nos conduz a uma fábula poética (e trágica), de profundo lastro político, da civilização norte-americana, imersa em medos e sonhos perdidos. Suas imagens são melancólicas e os detalhes do filme sugerem mais do que as simples convenções do suspense de Hollywood.[topo] (2005)

ATIVIDADES

                   A VILA

PRODUÇÃO: Seott Rudin e Sam Mercer
DIREÇÃO: M. Noght Shyamalan
DURAÇÃO: 108 minutos aproximadamente


01-Qual motivo da morte da criança, Daniel Nicholson, de 07 anos?
02-O que representa o som vindo da floresta?
03-Por que Noah Percy fica feliz quando ouvi o som vindo da floresta?
04-O que é a floresta de Covington?
05-As pessoas da vila são felizes? Em que trabalham?
06-Por que à noite os moradores acendem tochas e ficam de guarda na torre?
07-Para que servem os sinos?
08-O que significava o carneirinho morto sem pele?
09-As crianças acreditam que algo ou alguém poderia fazer mal a elas? O que é?
10-O que ou quem eram aqueles que não mencionamos?
11-Qual é o acordo entre os moradores da vila com aqueles que não mencionamos?
12-Quem governava a vila?
13-Quem era Lucius Hunt? E por que ele desejava atravessar a floresta?
14-O que fazia Lucius Hunt acreditar que as criaturas da floresta não lhe fariam mal?
15-O que significava as caixas pretas dentro das casas?
16-Qual o significado para os jovens, de ficar de costas para a floresta proibida, no limite                                                                                 
      entre ela  e a vila, o maior tempo possível?
17-Noah Percy – Quem era? Qual era o pior castigo para ele?
18-Quem era Ivy Walker e como ela via as pessoas?
19-Quais são os segredos dos anciões da vila?
20-Qual o significado da cor amarela nas capas e bandeiras na divisa entre a vila e a                                  
      floresta proibida?
21-Por que Ivy e Kitty estavam olhando uma criança?
22-Por que Ivy estende o braço, quando sabia que a vila estava sendo invadida por aqueles
      que não mencionamos?
23-Qual o significado de se jogar meia banda de um animal na floresta proibida(cerimônia
      da carne), e juntos levarem crianças para ver?
24-Mesmo estando Kitty Walker casada, Ivy Walker, sua irmã, pediu-lhe permissão para
      com Lucius Huntt. Por quê?
25-O que levou Noah Percy a tentar contra a vida de Lucius Hunt?
26-Como Ivy Walker, sendo totalmente cega, conseguia andar tranqüilamente pela vila sem
      topar em nada?
27-Por que sendo proibido a todos da vila atravessar a floresta proibida (Covington) para ir
      às cidades, o senhor Edward Walker autoriza sua filha Ivy a fazê-lo para trazer
      remédios para Lucius Hunt?
28-Edward Walker confiou os segredos dos anciões e da vila à sua filha Ivy. Por quê?
29-Noah Percy veste a roupa dos monstros e tenta matar Ivy Walker. Por quê?
30-Qual o maior medo dos anciões?
31-Dois jovens, Christop e Finton, são enviados juntos com Ivy para atravessar a floresta
      proibida e buscar remédios na cidade. Mas, os dois com medo abandonam Ivy sozinha
      na floresta. Por quê?
32-Ivy Walker conseguiu continuar sozinha. Por quê?
33-Qual o significado de Ivy ter ficado de costas para o monstro?
34-Qual foi o motivo do senhor Walker ter pedido para a filha não contar nas cidades onde
      a vila ficava?
35-Qual o significado do muro em torno da floresta de Covington?
36-Quem eram os anciões antes de irem morar na vila?
37-O que era o Centro de Ajuda?
38-O que era a reserva Walker de animal?
39-Por que o guarda florestal resolve ajudar Ivy Elizabeth Walker?
40-Por que o senhor Walker sabia que o relógio ajudaria?
41-O que representa os remédios para as pessoas da vila e para Lucius?
42-Para finalizar, vamos trazer A Vila para a vida real. Ela pode ser comparada a algum tipo de estilo de vida de hoje? Qual?



A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE
Um excêntrico capitalista, proprietário da fábrica de chocolate Willy Wonka, interpretado por Johnny Deep, promove concurso internacional para escolher aqueles que vão fazer um tour em sua fantástica fábrica. Cinco crianças de sorte, entre elas Charlie Bucket, encontram os bilhetes dourados em barras do chocolate Wonka e ganham a visita. Maravilhado com tudo o que vê, Charlie fica fascinado pelo mundo fantástico de Wonka. Na verdade, o capitalista, imerso em conflitos íntimos e traumas de infância, almeja escolher seu sucessor. Refilmagem do filme de Mel Stuart, de 1971, baseado na obra "Charlie and the Chocolate Factory", de Roald Dahl. . No filme de Tim Burton, com seu estilo gótico, expressando um universo sombrio e espetacular, Charlie e a família Bucket parecem uma abstração. Representam a típica família proletária, que preservam ainda valores de sociabilidade tradicional. O pai de Charles é um ex-operário, desempregado em virtude de inovações tecnológicas no seu local de trabalho. No filme de Burton o destaque à condição operária, vítima do desemprego estrutural é interessante (o que não havia no filme de Stuart). Todos os Bucket moram num pequeno barraco incrustado no centro da cidade. A presença no lar dos Bucket de todos os avós de Charlie prefigura a preservação de laços afetivos com o passado. Na verdade, o jovem Charlie está ainda imersa no mundo tradicional, onde o que prevalece são os verdadeiros laços de família tradicional. Por outro lado, as outras crianças – Augustus, Veruca, Violet e Mike, estão imersos no mundo do fetichismo da mercadoria. Ao tratar do mundo das crianças, Dahl (e Burton) buscam apresentar as contradições candentes do nexo sócio-reprodutivos da sociedade do capital. Numa situação de crise estrutural, a partir de meados da década de 1970, o universo problemático das crianças, como prefiguração da reprodução social, é deveras pertinente. Afinal, as crianças representam o futuro do sistema social. O que presenciamos em Charlie and the Chocolate Factory são crianças pervertidas pelos valores da "sociedade do espetáculo", onde vigora o egoísmo perverso, a possessividade das coisas, do consumismo e da gulodice. Cada criança contemplada pelos cupom Wonka prefigura uma degradação da personalidade infantil pelo fetichismo do capital, com exceção de Charlie. O aclamado diretor Tim Burton traz seu estilo extremamente gótico-criativo ao livro clássico de Roald Dahl. Existem diferenças sutis em relação à primeira versão de Mel Stuart, de 1967. Por exemplo, no filme de Stuart, o jovem Charlie vai à escola (o que supõe destacar ainda uma perspectiva de integração possivel à ordem do capital para a classe proletária através da educação escolar). Na versão de Tim Burton, a pobreza dos Bucket parece ser mais dilacerante do que aquela mostrada por Mel Stuart. Outro detalhe interessante é que, na nova versão de 2005, as relações entre o capitalista James Salt, pai de Veruka Salt, e os operários da sua fábrica, que procuram, para sua filha Veruka, os cupons Wonka é pautada pela aguda desconfiança (o que não havia na versão de Mel Stuart). O que pode sugerir a degradação das relações de trabalho nos últimos trinta anos de crise estrutural do capital. [topo] (2005)
  
FILME: A fantástica fábrica de chocolate
DIRETOR: Tim Burton  - 115 minutos

01-Quem era Charlie Parketh?
02-Onde o pai de Charlie trabalhava? E o que ele trazia para o filho?
03-O que Charlie fazia com as pecinhas que o pai lhe dava?
04-Por que os outros fabricantes tinham inveja de Willy Wonka? E o que faziam?
05-Por que Willy Wonka resolveu fechar a fábrica de chocolate?
06-O que aconteceu com o fechamento da fábrica?
07-O que representava o convite dourado?
08-Que instruções continham no convite dourado?
09-Por que o primeiro a encontrar o convite dourado seria para uma criança gorda?
10-Pesquise as propriedades do chocolate e diga por que ele engorda.
11-Qual é o motivo que levou o Sr. Parketh, pai de Charlie, a perder o emprego na fábrica de creme dental?
12-Como o avanço tecnológico em vários segmentos industriais e comerciais as pessoas foram substituídas por máquinas nos seus trabalhos. Escreva alguns exemplos.
13-Com estas alterações do mercado de trabalho os trabalhadores têm que se aperfeiçoar cada vez mais para atender às exigências e conquistar uma nova colocação. O que o pai de Charlie fez para arrumar o novo emprego?
14-Por que Charlie diz que deveria abrir o chocolate como se fosse um curativo?
15-Como Charlie conseguiu o último convite?
16-Qual é a matéria-prima do chocolate? Pesquise.
17-Encontre no caça-palavras adjetivos que qualifiquem cada um dos escolhidos para visitar a fábrica e associe aos nomes.
FÚTIL – AGRESSIVO – RICA – POBRE – HUMILDE – METIDA
MIMADA – BONDOSO – COMILÃO – INFANTIL – ARROGANTE
DESPRESÍVEL – SIMPLES – EGOÍSTA – VICIADO EM TV
 TOLA - GORDO
Augustus – Veruca – Violet – Mike TV – Charlie
18-Por que Willy Wonka vivia afastado da família?
19-Por que Willy Wonka se lembra bem do dia que chupou a primeira bala?
20-O que é devaneio?
21-O que é canibalismo?
22-O que representa o cabelo branco de Willy Wonka?
23-Ao final do enredo o que ganha Charlie Parketh e Willy Wonka?
24-Você sabia que o chocolate possui uma substância que estimula a liberação de endorfina? Pesquise o que é endorfina e qual su importância para o organismo humano.
25-Por que o aumento do consumo de chocolate fez aumentar o número de cáries?
     O que causa as cáries?
     Como fazer para preveni-la?
26-Quem eram os Umpa-Lupas?
27-Como Willy Wonka descreve a Lupalândia?
28-Quando é que aparece a musiquinha dos Umpa-Lupas?
29-Diante de tudo isso, qual é a mensagem que este filme nos passa?
30-Agora é sua vez. Escolha um filme e prepare uma atividade para se trabalhar com os alunos.





"Cidade de Deus", de Fernando Meirelles (2002)

Buscapé, jovem negro, fotógrafo do Jornal do Brasil, morador da favela Cidade de Deus, narra a evolução desta favela do Rio de Janeiro, através da trajetória de Dadinho, depois Zé Pequeno e seus comparsas. Das origens na década de 1960, com o surgimento da primeira gang de assaltantes, até primórdios dos anos de 1980, onde o grande negócio é boca de fumo e narcotráfico, acompanhamos o desenvolvimento da marginalia da favela Cidade de Deus. Na ótica de Meirelles, crianças e jovens marginais são bandidos quase por natureza, jogados no mundo e destinados à morte (observe-se a construção da personalidade cruel e sádica de Zé Pequeno, desde criança). Por outro lado, é perceptível a ausência do Estado político, que só aparece para reprimir ou corromper. Apesar de estar no município do Rio de Janeiro, a favela Cidade de Deus é, em si, um pequeno mundo, mundo de barbárie, imerso num estado de natureza. É claro que é local de moradia de trabalhadores pobres da cidade do Rio de Janeiro (por exemplo, Mane Galinha era cobrador de ônibus). Mas o que o filme expõe é um universo infernal de dissolução social assolado pela pobreza. Por outro lado, são perceptíveis formas de sociabilização e de resistência cultural ainda que bastante precárias (por exemplo, em fins dos anos 1960, o entretenimentos para jovens, crianças e adolescentes da Cidade de Deus eram as peladas de futebol de areia e mergulho no riacho; com a expansão urbana degradada, no decorrer dos anos 1970, os únicos espaços de sociabilidade parecem ser os bailes populares). Na verdade, a sociabilidade se degrada na mesma medida da degradação do espaço urbano. O filme Cidade de Deus nos apresenta quase trinta de historia do Brasil, visto através do mundo da favela. É importante apreendermos a constituição do espaço de barbárie social pelo pelo próprio Estado capitalista periferico em crise estrutural. Na verdade, a favela torna-se gueto social, fértil para os negócios escusos da droga. O filme tende a apresentar cenas fortes da criminalidade nas favelas do Rio de Janeiro, verdadeira guerra civil, a neoguerrilha urbana dos anos 1980 até nossos dias. Embora evite apresentar o espetáculo da violência urbana, sua intensidade não deixa de impressionar e entreter o público, paralisando a reflexão critica sobre a crua realidade social brasileira. De qualquer modo, o filme possui interessantes detalhes que podem propiciar um longo (e primoroso) debate sobre a degradação social das metrópoles brasileiros nos últimos trinta anos.[Tpo]
(2004)


FILME CIDADE DE DEUS

1.      O filme Cidade de Deus, produzido por Walter Sales e Daniel Filho, é baseado em fatos reais em que o narrador da história é um dos personagens.

a)      Quem é o narrador da história ?
b)      Para narrar os fatos ele utiliza a técnica do flash – back. Explique como é o flash back e em que época se passa a narração.
c)      Todos os personagens do filme, utilizam uma linguagem informal e repleta de gírias. Explique o significado de algumas destas gírias apresentadas no texto do filme:
Pé-de-chinelo                                     os home
Meu irmão                                         ferro
Birosca                                               cafofo
Cara                                                    carái
Pôrra                                                   barulho
Bicho solto                                         morô

2.      Cidade de Deus é uma favela.
a)      Consulte o dicionário e escreva o significado da palavra favela.
b)      Geralmente como vivem as pessoas que moram nas favelas?

3.      Quem formava o Trio Ternura, no filme, e como eles viviam?

4.      O assalto ao motel foi um fato determinante de mudança na vida do Trio Ternura e da própria favela. Por quê?

5.      Sempre que a polícia fazia ronda na favela conseguia descobrir nada e um dos policiais ainda diz: “__ É sempre assim, ninguém vê nada, ninguém sabe de nada”. Por que os moradores da favela não colaboram com a polícia ?

6.      Por que Buscapé diz que na favela “se correr o bicho pega e se ficar o bicho come”?

7.      Sempre que Marreco Manda, Buscapé levar dinheiro para o pai, pede para não contar que foi ele que mandou. Por quê?

8.      Que orientação o pai sempre dava a Marreco?

9.      Marreco diz a Alicate que pai só fala merda.
a)      O que significa esta expressão?
b)      Você concorda com Marreco ou você acredita que os pais querem é um futuro melhor para os filhos e por isso lhes dão conselho, orientações? Por quê?

10.  Após o assalto ao motel Alicate diz: “__ vou sair dessa vida, se não vou amanhecer com a boca cheia de formiga”.


a)      Explique com suas palavras a fala de Alicate.


b)      “Vida de bandido é a maior furada, sempre acaba sobrando pra gente”. Você concorda com esta opinião? Por quê?

c)      Que decisão Alicate toma para sua vida?

d)     Ao sair da mata e voltar para a favela Alicate recita o Salmo 91. Escreva-o e diga que mensagem este salmo traz para sua vida.

11.  Quando Buscapé tenta pegar na arma, Marreco lhe repreende dizendo:
__ Buscapé você tem mais é que estudar.
__ Você não tem medo de tomar um tiro não?
__ “Eu só tô nesta vida porque sou burro, você tem que estudar”.
Qual era a preocupação de Marreco com seu irmão? Por quê?

12.  Mané Galinha, o cobrador de ônibus também aconselha Buscapé a estudar para sair da favela e ser alguém na vida.
a)      Você concorda que o estudo, o conhecimento pode mudar a vida de alguém ? Por quê?
b)      Que atitudes você toma para melhorar a sua vida? Por quê?

13.  Marreco vai vender peixe com o irmão até que se envolve com a mulher de Zé Paraíba.

a)      Ao fugir o que acontece com Marreco?
b)      O que acontece com a mulher de Zé Paraíba?
c)      Você acha correta a atitude de Zé Paraíba e acha que um erro justifique outro? Por quê?
d)     Você acha que o machismo, a valentia e até mesmo a violência é que torna um homem de verdade? Por quê?

14.  Com a morte da mulher de Zé Paraíba “a imprensa marrom aparece na favela e a polícia tem que mostrar serviço”.
a)      O que é a imprensa marrom ?
b)      Por que a polícia só mostra serviço com a presença da imprensa?
c)      Cabeleira é assassinado pela polícia e o fato da imprensa fotografá-lo desperta o desejo de Buscapé Ter uma máquina fotográfica, que não era muito boa, mas ele usava para tirar fotografias de quem ?

15.  Com a turma Buscapé se interessa por Angélica. Ele só fumava baseado com ela, ele era capaz de fazer qualquer negócio para agradar aquela menina, até ir à “Boca” comprar drogas .
a)      Você acha que Angélica era uma boa influência para Buscapé ? Por quê?

b) As pessoas da nossa turma, querendo ou não, influenciam a nossa vida de forma positiva e/ou negativa. Que colegas da sua turma lhe influenciam:
a)      positivamente? Por quê?
b)      negativamente ? Por quê?
c)      Para Bené, Angélica foi uma influência positiva, por quê ?

16.  Associe para perceber o esquema do plano de carreira do tráfico de drogas:
(1) Caixa Baixa           (   ) Garotos menores que levam recados, refrigerantes.                         
(2) Aviãozinho            (   ) Meninos que ficam empinando pipa e quando a polícia aparece a
(3) Olheiro                         pipa desce e todos correm.
(4) Vapor                     (   ) Pessoa responsável e fina na proteção.
(5) Soldado                  (   ) Vende a droga na favela e quando a polícia aparece, ele evapora
(6) Gerente                         rapidinho.
(7) Polícia                    (   ) Recebe a dela para ficar quietinha e não perturbar.
                                     (   ) Braço direito do dono da “boca”, do Patrão.
                                     (   ) Crianças bem pequenas que roubam e começam a entrar no
                                            mundo das drogas.

17.  Bené vai sair da favela e abandonar o tráfico para morar com Angélica em uma chácara, e dá uma festa de despedida. Quem vai à festa de Bené?
a)      Durante a festa Zé Pequeno humilha Mané Galinha. Como?

b)      Na confusão da festa Bené tenta dar uma máquina fotográfica mais sofisticada à Buscapé, mas Zé Pequeno o impede. Os ânimos se esquentam e Bené é assassinado por um dos integrantes da“boca”de cenoura. Como fica Zé Pequeno diante de Bené morto ?

c)      Zé Pequeno estupra a namorada de Mané Galinha na sua frente e depois metralha sua casa matando o irmão e seu tio. O que faz Mané Galinha para se vingar de Zé Pequeno e com o que ele não concorda ?

18.  Quando Mané Galinha chama atenção do menino diz:
“__ Que que você tem na cabeça? Tá maluco muleque andando com aquele maníaco, tarado que só vive armado? Você ainda é uma criança.”
“__ Criança que nada, eu fumo, eu chero, já matei, já roubei, sô sujeito home”.

a)      Você acha que é isso que qualifica um homem ? Por quê?

b)      Liste as características que um “verdadeiro homem” tem que Ter.

Nenhum comentário: